Páginas

E quem disse que a natureza não está presente nas cidades?

O objetivo do UrbAnimals é exatamente esse: Dar uma visão que geralmente passa despercebida por todos diante de tanto trabalho e correria. A vida animal está presente tanto em nossos quintais como em parques e zoológicos.


O tema dos animais urbanos foi escolhido por mim não só pela certa dificuldade em ser estudante e viajar à procura de outros animais, mas também por se tratar de um tema importante, que mostra o quanto o homem já interferiu na vida do planeta, e como a natureza está se adaptando a isso.


Como futuro biólogo, tento aprender e difundir esse conhecimento cada vez mais, para que o homem entenda melhor cada uma dessas belas criaturas e aprenda a viver em harmonia com elas, trazendo assim um mundo melhor para todos, um mundo melhor para a vida.

Surpreenda-se. De cães a elefantes, de peixes a morcegos, o UrbAnimals vai te levar ao mundo de cada um deles.

Um grande abraço, Thom Girotto.

27 de dezembro de 2011

Abelhas jataí pretas (ou abelhas-cachorro)

Essas simpáticas abelhas pretas são inofensivas para o homem, e ainda são ótimas polinizadoras!

Após uma pesquisada, descobri o nome 'mais apropriado' para essa abelhinha, e o nome condiz com sua personalidade calma: abelha-cachorro! Aqui no Brasil, bichos, plantas, e até mesmo comidas diferentes acabam recebendo nomes iguais dependendo da região...


2 comentários:

  1. Olha, eu não nunca espantei as abelhas aqui de casa, mas quando estavam vindo em um número muito grande, eu tirei o bebedouro dos pássaros (que era o que as atraía) por alguns dias, e elas pararam de vir por um bom tempo.

    O que eu posso sugerir é que você tire das abelhas o objeto ou alimento que as está atraindo... Também ouvi falar que fumaça funciona, mas tome cuidado! Há casos de gente que incendiou a casa por conta desta técnica!

    ResponderExcluir