Páginas

E quem disse que a natureza não está presente nas cidades?

O objetivo do UrbAnimals é exatamente esse: Dar uma visão que geralmente passa despercebida por todos diante de tanto trabalho e correria. A vida animal está presente tanto em nossos quintais como em parques e zoológicos.


O tema dos animais urbanos foi escolhido por mim não só pela certa dificuldade em ser estudante e viajar à procura de outros animais, mas também por se tratar de um tema importante, que mostra o quanto o homem já interferiu na vida do planeta, e como a natureza está se adaptando a isso.


Como futuro biólogo, tento aprender e difundir esse conhecimento cada vez mais, para que o homem entenda melhor cada uma dessas belas criaturas e aprenda a viver em harmonia com elas, trazendo assim um mundo melhor para todos, um mundo melhor para a vida.

Surpreenda-se. De cães a elefantes, de peixes a morcegos, o UrbAnimals vai te levar ao mundo de cada um deles.

Um grande abraço, Thom Girotto.

23 de fevereiro de 2012

Parabéns, UrbAnimals! - 2 anos

Sem uma data de criação certa, o mês de fevereiro é escolhido para ser o aniversário do UrbAnimals, que teve sua primeira postagem publicada em 14/02/2010.

O blog evoluiu muito, exemplo disso é o seu próprio slogan. Confira sua evolução:
No início do blog, um slogan simples que ilustrava o anoitecer em uma cidade que estava por ser 'invadida' por diversos animais.

O morcego foi o animal que mais se identificou com a proposta do blog, visto que é um animal muito numeroso e adaptado ao meio urbano, no mundo inteiro.


 Tentamos dar uma 'caprichada' no visual do blog colocando um slogan que mostrasse mais animais, mas estava querendo algo mais simples, capaz de dar uma identidade ao blog. Esse slogan foi o primeiro a contar com o morcego e o pássaro, com as letras U e A escritas em seus corpos, respectivamente.


 E por último, o atual slogan do UrbAnimals! Com os dois animais-símbolo da vida selvagem nas cidades, em minha opinião, o morcego e o pássaro. As cores foram aleatoriamente distribuídas, e representam a diversidade que existe na vida.

Ao longo desses dois anos de UrbAnimals, mais um marco de evolução foram os nossos parceiros:
E esse tal Meio Ambiente?


E é claro, não podemos esquecer das postagens que garantiram (e ainda garantem) o sucesso do blog! Todas elas me trazem lembranças boas, então vou destacar as que mais fizeram sucesso com o público e as que mais me marcaram nesses dois anos!

- Em três partes, a nossa visita ao Aquário de São Paulo atrai muitas visitas ao blog por pesquisas no Google.
- Foi ótimo passar um pouco de conhecimento sobre a Aranha-pernuda, mais um bicho urbano que é morto por causa de seu aspecto, mas que na verdade é inofensivo!
- A coletânea dos Pássaros urbanos ficou com a cara do blog, e ainda mostrou mais de dez espécies que são facilmente encontradas em São Paulo e em outras grandes cidades.
- Conhecemos a cozinha e os bastidores do Zoo no Especial Zoológico de SP.
- Entrevistamos o veterinário Edward, que nos passou um pouco da sua experiência profissional, e também nos fez rir com alguns casos!
- Quando viajamos para São Vicente, encontramos lesmas gigantes, aves diferentes, vegetação exuberante, sem falar nas paisagens de tirar o fôlego!
- Sem dúvida nenhuma, a série que mais me emocionou foi a 'Metamorfose: Mais um espetáculo da Natureza'. Acompanhar o desenvolvimento de uma lagarta até ela se tornar borboleta foi demais, e melhor ainda foi receber sua visita de volta.
- O nosso bate-volta em Ubatuba foi uma experiência incrível, sem contar o TAMAR, onde aprendemos muito sobre as tartarugas-marinhas e o projeto em si.
- A recente viagem à Minas Gerais nos rendeu muitos registros, e assim o Diário de Minas Gerais, que ainda não acabou!

Resumir mais de 100 postagens, dois anos de UrbAnimals, não foi fácil, mas olhar para trás e ver todo o trabalho que foi recompensado é algo realmente motivador, é uma sensação que vai além da 'missão-cumprida'. 









 Ainda estou longe de atingir o meu real objetivo, que seria atingir um número bem maior de pessoas com o conhecimento, em prol do meio ambiente, mas darei um passo importante para a realização do meu sonho no exato dia de hoje. Hoje, eu, Thomaz Girotto, inicio uma nova jornada em minha vida, para me tornar aquele 'futuro biólogo' que sempre quis ser. Hoje farei a matrícula na Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), e com certeza nesses quatro anos de curso, trarei ainda mais conhecimento para o blog. Devo agradecer a todos que fizeram parte desses dois anos de blog, pois sua participação (seja acessando UMA postagem, comentando no blog, fazendo parte de uma postagem) foi fundamental para mim, inclusive na realização de mais esse sonho, e peço para que continuem acompanhando o UrbAnimals!



Muito obrigado de coração!
Thomaz Girotto

17 de fevereiro de 2012

Diário de Minas Gerais: Cooparaíso e muitas aves!

18/01/2012


Fomos até o núcleo de Itamogi da Cooparaíso, uma cooperativa que atua no sudoeste mineiro e trabalha com café, desde fertilizantes e equipamentos para a plantação até pesticidas e análise dos grãos. Seu produto final é o pó de café propriamente dito, que é exportado para diversos países, destaque para a França.
A chuva nos deixou presos dentro da cooperativa, e acabou com as nossas pretensões de nos aventurarmos pela estrada de terra, então após degustar daquele delicioso café, voltamos para a casa.


19/01/2012
Enquanto a gata rosinha tomava sol no quintal, o meu dia começou com uma colheita de jabuticabas no quintal de casa. Melhor que colhê-las é comê-las depois!




Torcendo para que a chuva não nos desanimasse novamente, partimos para uma fazenda local, para conhecer o processo de aplicação de pesticidas em uma plantação. Chegando lá, logo fiz amizade com um simpático cachorro.




Por ali encontramos muitas aves, começando pelas domésticas galinhas d'angola, também conhecidas como angolistas ou capotes.




Outro passarinho típico é o canário-da-terra, essa canora ave amarela que estava procurando por comida no terreiro úmido. 




Mas a ave que mais nos chamou atenção nesse dia foi uma que avistamos na beira de uma lagoa; Apesar de achar que se tratava de um frango-d'água, na verdade o que nós avistamos foi um jaçanã.


Essa ave vive em brejos, margens de rio e áreas alagadas, onde o encontramos. Para se locomover por entre as raízes aquáticas, possui pernas e pés compridos, dedos finos e longas unhas. Sua dieta inclui insetos aquáticos e pequenos invertebrados, além de grãos. 




E foi justamente enquanto observávamos o jaçanã e alguns quero-queros e curicacas, meu amigo Marcão (do blog Spirito Selvagem) percebeu que estávamos sobre um formigueiro! Tive mais sorte que ele, pois apesar de ter mais formigas em mim, consegui me livrar delas mais rápido para cumprir minha função de amigo (da onça) e filmá-lo ainda se dando mal! 
Confira no vídeo, que inicialmente mostra um joão-de-barro, também encontrado por ali no terreiro, com uma homenagem ao nosso querido Robert, 'o motorista', que não estava conosco nesse dia.


video

 E naquela tarde choveu muito, não pudemos acompanhar a aplicação do pesticida no cafezal, pois seria inútil fazê-la com aquelas condições climáticas. Voltamos para casa, e como se não bastasse as tantas aves que vimos naquele dia, flagrei mais uma, aproveitando as jabuticabas que não consegui colher: uma linda maritaca, ou periquitão-maracanã, parente dos papagaios, também comum no interior. 


E assim acabou esse dia tão proveitoso pelo Sul de Minas... No dia seguinte, fomos visitar uma fazenda, mas com uma certeza em mente: andar a cavalo!

Não perca, na próxima postagem do Diário de Minas Gerais, aqui no UrbAnimals!

15 de fevereiro de 2012

Diário de Minas Gerais: O animado tiziu e o voraz gafanhoto

16/01/2012 - parte 2


Vou começar essa postagem (que encerra a nossa primeira 'ida ao mato') com uma avezinha alegre e que marca presença no campo: O tiziu.


Na realidade, minhas fotos só mostram o macho da espécie, que é preto. A fêmea é amarronzada, e apesar de também ser comumente avistada, não é tão notada quanto o saltitante macho.


O macho fica dando esses 'pulos' para chamar a atenção das fêmeas. Veja mais no vídeo !


Também no vídeo, confira esse gafanhoto cheio de cores, e pelo jeito, de fome também!


video

9 de fevereiro de 2012

Diário de Minas Gerais: A reprodução de pequenos animais do Cerrado

16/01/2012 - parte 1


Nessa manhã, nós não tínhamos o que fazer, então decidimos simplesmente pegar uma estrada de terra a pé e adentrar a Natureza. Foi uma ótima decisão! 

Como verão no vídeo que segue na postagem, fomos pela estrada que liga São Sebastião do Paraíso à pequena Guardinha, e encontramos alguns pequenos animais bem interessantes!


Esse gafanhoto simpatizou comigo, me proporcionando essa 'foto de biólogo'! Logo mais, postarei um vídeo com uma outra espécie, falando mais sobre esses pequenos e belos animais.

 Quando você caminha pelo mato, está sujeito a encontrar muitos seres, dentre eles essa pequena aranha-caranguejo, que possui esse nome por causa da sua forma. Não deu nem tempo de filmá-la, pois o vento a levou para bem longe! As aranhas conseguem viajar por quilômetros graças ao vento. 
  
O que eu tenho na mão nessa foto é um girino, o estágio branquial da vida dos anuros (sapos, rãs e pererecas). No vídeo, falo um pouco mais sobre ele também.

Enquanto você anda pelo Cerrado, pode ouvir vários sons; Seriemas, gaviões, pequenos pássaros, e principalmente esses caras aí: grilos. Encontramos esse casal em pleno acasalamento no solo, e até consegui filmá-los um pouco!

E a nossa busca por bichos não havia acabado ainda. Debaixo do forte calor, avistamos vários lagartos (e não conseguimos sequer foto de algum!), insetos, aves e diversas vacas assustadas. A nossa primeira aventura por essa estrada de terra acaba na próxima postagem, não percam!

Agora, o vídeo que mostra a poluição na estrada, fala sobre os girinos e mostra o casal de grilos, que mesmo juntos, sumiram no meio da vegetação após um triunfal salto!


video


Poderá gostar também da postagem 'São Sebastião do Paraíso - parte 3', (que inclusive conta com a minha participação!)do Momento Spirito Selvagem. Confira!