Páginas

E quem disse que a natureza não está presente nas cidades?

O objetivo do UrbAnimals é exatamente esse: Dar uma visão que geralmente passa despercebida por todos diante de tanto trabalho e correria. A vida animal está presente tanto em nossos quintais como em parques e zoológicos.


O tema dos animais urbanos foi escolhido por mim não só pela certa dificuldade em ser estudante e viajar à procura de outros animais, mas também por se tratar de um tema importante, que mostra o quanto o homem já interferiu na vida do planeta, e como a natureza está se adaptando a isso.


Como futuro biólogo, tento aprender e difundir esse conhecimento cada vez mais, para que o homem entenda melhor cada uma dessas belas criaturas e aprenda a viver em harmonia com elas, trazendo assim um mundo melhor para todos, um mundo melhor para a vida.

Surpreenda-se. De cães a elefantes, de peixes a morcegos, o UrbAnimals vai te levar ao mundo de cada um deles.

Um grande abraço, Thom Girotto.

9 de fevereiro de 2012

Diário de Minas Gerais: A reprodução de pequenos animais do Cerrado

16/01/2012 - parte 1


Nessa manhã, nós não tínhamos o que fazer, então decidimos simplesmente pegar uma estrada de terra a pé e adentrar a Natureza. Foi uma ótima decisão! 

Como verão no vídeo que segue na postagem, fomos pela estrada que liga São Sebastião do Paraíso à pequena Guardinha, e encontramos alguns pequenos animais bem interessantes!


Esse gafanhoto simpatizou comigo, me proporcionando essa 'foto de biólogo'! Logo mais, postarei um vídeo com uma outra espécie, falando mais sobre esses pequenos e belos animais.

 Quando você caminha pelo mato, está sujeito a encontrar muitos seres, dentre eles essa pequena aranha-caranguejo, que possui esse nome por causa da sua forma. Não deu nem tempo de filmá-la, pois o vento a levou para bem longe! As aranhas conseguem viajar por quilômetros graças ao vento. 
  
O que eu tenho na mão nessa foto é um girino, o estágio branquial da vida dos anuros (sapos, rãs e pererecas). No vídeo, falo um pouco mais sobre ele também.

Enquanto você anda pelo Cerrado, pode ouvir vários sons; Seriemas, gaviões, pequenos pássaros, e principalmente esses caras aí: grilos. Encontramos esse casal em pleno acasalamento no solo, e até consegui filmá-los um pouco!

E a nossa busca por bichos não havia acabado ainda. Debaixo do forte calor, avistamos vários lagartos (e não conseguimos sequer foto de algum!), insetos, aves e diversas vacas assustadas. A nossa primeira aventura por essa estrada de terra acaba na próxima postagem, não percam!

Agora, o vídeo que mostra a poluição na estrada, fala sobre os girinos e mostra o casal de grilos, que mesmo juntos, sumiram no meio da vegetação após um triunfal salto!




Poderá gostar também da postagem 'São Sebastião do Paraíso - parte 3', (que inclusive conta com a minha participação!)do Momento Spirito Selvagem. Confira!

Nenhum comentário:

Postar um comentário